Empreendedorismo

Quer vender mais? Veja essas dicas.

Ei, você, empreendedor, tenho uma pergunta muito importante para te fazer. Você quer abrir uma empresa de sucesso? Você quer abrir uma empresa para que você se transforme em um cara milionário, num cara que ganhe muito dinheiro?

Para você, empresário, lanço a seguinte pergunta: você quer transformar a sua atual empresa em uma empresa de sucesso?

Em qualquer um desses casos, eu tenho absoluta certeza de que a resposta seja “sim”, não é mesmo? Afinal de contas, abrimos empresas para ter um retorno financeiro dos resultados que ela dá.

E, com essa premissa em mente, eu vou te dar a principal dica do que eu vi nas maiores e mais lucrativas empresas do mundo: não venda o que você quer!

Você deve estar imaginando que eu sou louco, não é mesmo? Mas, calma, que eu vou te explicar melhor o que eu quero dizer.

Venda o produto que o mercado precisa

Não vender o produto que você quer somente significa que o seu foco deve estar direcionado para vender o produto que o mercado precisa. É muito importante que você entenda isso: nem sempre o que o mercado está demandando tem a ver com o produto ou serviço que você desenvolveu. Antes de abrir um negócio, você deve conhecer o mercado a ponto de lançar um produto ou serviço que, necessariamente, resolva um problema ou uma carência do seu potencial cliente.

Ao entender o mercado, você deve definir qual nicho sua empresa vai atender e que problema ela irá resolver.  Esse é o pensamento das maiores empresas do mundo que estão crescendo e, cada vez mais, crescendo e conquistando clientes no mundo todo.

Empresas nascem para resolver problemas

Várias empresas que nascem resolvendo um problema são, invariavelmente, as que mais conseguem ter resultados. Netflix, Uber, AirBnB e Google são exemplos de quem já nasceu assim.

Veja como o Uber conquistou o mercado: antigamente, nós éramos, praticamente, reféns dos taxistas. Tínhamos de esperar um taxi passar na rua para, quem sabe, conseguir um. Antes, precisávamos ouvir a música que o taxista queria ouvir, depender do percurso que ele quisesse fazer e ter dinheiro na carteira, porque não havia outra forma de pagamento disponível, que se adequasse à necessidade do cliente. Se a experiência fosse ruim, não tínhamos a quem recorrer e, simplesmente, tínhamos de conviver com um mau atendimento ou, algumas vezes, falta de educação e trato com o cliente.

Aí veio o Uber, com uma proposta inovadora ao se adequar ao cliente. Você chama o carro pelo aplicativo e ele vai aonde você está. O motorista te pergunta se o ar condicionado está na temperatura correta, se a música está do agrado e te serve uma bala, uma água e, em alguns casos, outros tipos de bebida. Você mesmo pode escolher como quer pagar: no dinheiro ou no cartão. E, dependendo de como foi sua experiência, boa ou ruim, você pontua o motorista.

É sobre isso que estou falando. Veja só como o Uber revolucionou o mercado pensando na necessidade do cliente.

Pare e preste atenção no mercado

Vou te pedir, agora, para que, por um momento, pare de olhar um pouquinho para o seu bolso, pare de olhar para o que você quer e comece a olhar mais para o que o mercado demanda. O mercado está cheio de oportunidades e você mesmo consegue pensar em alguns exemplos do que já vivencia no seu dia a dia como consumidor. Tenho certeza de que você já teve experiências ruins e já teve péssimos atendimentos em diversas empresas ou, até mesmo, comprou produtos que não cumpriram o que prometeram.

É assim que você quer que sua empresa atue nesse mercado cada vez mais competitivo? Você quer ser mais um ou quer se diferenciar e sair do lugar comum?  

Portanto, pense no problema que sua empresa vai resolver e no público que você vai atender. Com base nisso, você deve desenhar o produto ou serviço que sua empresa vai oferecer.

Tenho certeza que, assim, você será mais assertivo e, consequentemente, terá muito mais resultados.

leia também!

Deixe o seu comentário

Atendimento Exclusivo