Empreendedorismo

Empresas cearenses apostam em soluções criativas para crescer

Soluções que vão desde alta performance e engajamento dos colaboradores à investimento e tecnologia para reduzir custos tem ajudado a empresas se restabelecerem e ainda crescer no mercado

“Empreender não é só conseguir criar uma indústria. É saber gerenciá-la da melhor forma”, Esse é o lema que Bruno Braga, diretor da Abe Indústria de Plásticos leva para o seu dia a dia. O empresário, no final de 2018, enfrentava um dilema. Ele e mais dois sócios acreditavam ter chegado a capacidade máxima de produção da empresa. Se quisessem crescer, precisariam investir. “Mas a gente tinha um problema. Não tínhamos dinheiro para investir, para comprar novas máquinas, que são caras, para aumentar nossa produção. Novas contratações então, estava fora de cogitação”, afirma.

Para a indústria que produz plásticos flexíveis para grandes empresas no estado como a Esmaltec, este poderia ser o fim da linha. Foi então que eles souberam, por colegas empresários, sobre uma metodologia de Alta Performance. “Resolvemos nos inscrever no curso para entender o que poderíamos fazer de forma a encontrar uma solução para nossa situação, que era crescer, sem muito investimento”, completa Bruno.

Após algumas imersões com uma metodologia criada pelo cearense Marcos Freitas, CEO da Seja Alta Performance – Escola de Gestão de Negócios – a empresa já começou a colher resultados. “Pode parecer estranho, mas criar uma identidade organizacional da empresa, ajudou a criar um elo entre nossos funcionários, o que ajudou também no nosso crescimento”, confirma.

Segundo ele, entre os meses de maio, junho e julho deste ano a empresa registrou um aumento de eficiência de produção de quase 60%. E não foi só isso, a produção, que parecia ter atingido 100% da sua capacidade, cresceu 43,1%. “O que fizemos foi gerar um engajamento da equipe. Não investimos um só centavo em compra de novas máquinas ou contratação de mais colaboradores. Apenas engajamos o nosso time”, confessa Bruno.

O crescimento que Bruno registrou na empresa é possível sim. Segundo uma pesquisa realizada pela Gallup, empresa de consultoria em estratégia e gestão de negócios, colaboradores engajados aumentam a satisfação do cliente, gerando um volume que pode chegar a 20% maior de vendas, e apresentam desempenho até 147% melhor.

Na empresa de Bruno, o faturamento nos primeiros seis meses cresceu 38,1% se comparado ao mesmo período do ano passado. E a expectativa é de crescer ainda mais. “Estamos projetando crescimento de 40% no ano, e já prometemos a nossos colaboradores que se ultrapassarmos a meta estabelecida, todos terão um 14º salário”, reforça Bruno.

Para Marcos Freitas, criador dessa metodologia no Ceará, focar na solução dos problemas da empresa é o DNA do engajamento no mercado. “Desenvolver e levar os profissionais gestores a terem um maior conhecimento de suas empresas e consequentemente aumentar seus resultados é atuar diretamente, na prática, nas melhorias”, conta Marcos Freitas.
Marcos ainda reforça que “você precisa trazer o seu colaborador para perto de você. Você tem que ter pessoas que queiram crescer com você e pra isso, que estejam motivados”. Para o CEO da Seja alta Performance, o sistema de meritocracia ajuda, mas é preciso primeiro que os gestores também repensem seus conceitos. “Não dá pra ficar parado culpando a economia. Muitas vezes o problema não é a crise ou fatores externos, mas sim internos”, revela.

Engajamento
Com foco nessa possibilidade de crescimento, Fortaleza recebe no próximo dia 1º de setembro, o maior evento de engajamento do país: o Alta Performance Profissional. Destinado a micro, pequenos e grandes empresários, o evento tem como foco apresentar a metodologia de engajamento para que as empresas busquem o crescimento no mercado, mesmo diante do cenário de crise no país.

O evento é desenvolvido pela Seja Alta Performance, e além de Marcos Freitas, os participantes terão um momento de aprofundamento com Rick Chesther, carioca que era vendedor de água em Copacabana e hoje é palestrante em Harvard.

Em seu canal no youtube ele apresenta dicas sobre gestão estratégica de forma fácil e simples. Chesther é fenômeno no youtube com mais de um milhão de seguidores e autor do livro Pega a Visão, sobre estratégias de gestão.

leia também!

Deixe o seu comentário

Atendimento Exclusivo